Páginas

terça-feira, 31 de maio de 2011

Rondelli de repollho recheado com ricota e legumes ao molho de tomate

Um rondelli diferente, leve, saudável e super saboroso! Fez o maior sucesso aqui em casa, até as crianças adoraram!
Vi no Mais Você  e resolvi testar, mas fiz algumas adaptações, de acordo com o que tinha na geladeira. Então, esta é a receita que fiz e não a do programa. :) Ficou perfeita!



Ingredientes:

  • 8 folhas de repolho(usei em média meio repolho)
  • 3 cenouras pequenas cozidas e amassadas 
  • 1 batata salsa cozida e amassada
  • 1 (chá) de mussarela ralada no ralo grosso (160 g)
  • 1 xícara de presunto ou mortadela ralada
  • 2 xícaras (chá) de ricota amassada
  • 1 colher (sopa) de cream cheese(ou maragrina)
  • 1 ovo batido
  • 2 colheres (sopa) de salsa picadinha
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • noz-moscada
  • 500 ml de molho de tomate
  • ¼ xícara (chá) de queijo parmesão ralado (15 g)
Modo de Preparo:
1°- Numa tigela com água fervente e um pouco de sal, mergulhe as folhas de repolho por 1 minuto ou até ficarem macias. Escorra e retire a parte grossa dos talos. Coloque as folhas de repolho sobre um pano de prato, sobrepondo-as e formando um retângulo de 25 cm por 40 cm. Reserve.

OBS: Notem que botei o maridão pra trabalhar de auxiliar! SE quer comer, tem que ajudar! rs... Ele leva o maior jeito na cozinha, um amor!
2°- Coloque numa tigela as cenouras e a batata salsa cozidas e amassadas, a mussarela ralada no ralo grosso, a ricota amassada, o presunto(ou mortadela) ralado, 1 colher (sopa) de cream cheese, 1 ovo batido, 2 colheres (sopa) de salsa picadinha, sal e pimenta do reino a gosto, noz-moscada ralada na hora e misture bem. Coloque esta mistura no meio do retângulo de folhas do repolho (reservado acima) e cubra com um dos lados das folhas. Com a ajuda do pano de prato, enrole sobre a mistura formando um rocambole. Leve este rocambole para a geladeira por pelo menos 2 horas para firmar bem, enrolado no pano.
3°- Retire o rocambole da geladeira e com uma faca corte fatias de +/- 3 cm de largura. Em uma assadeira (30 cm X 20 cm) espalhe um pouco de molho de tomate, coloque as fatias do rondelle, cubra com mais molho de tomate, polvilhe parmesão ralado e leve ao forno médio pré-aquecido a 250°C por +/- 20 minutos ou até a superfície ficar dourada. Retire do forno e sirva em seguida, com azeite de oliva em cima. 
Hummmmm, fica maravilhoso!!!
Dicas da Janita: Essa mesma receita pode ser feita com massa fresca de rondelli pronta, aquelas do mercado, ou com massa folhada pronta também. O molho pode ser variado: No lugar do molho de tomate, você  pode usar um molho branco ou quatro queijos. Se quiser uma versão vegetariana, não use carne ou presunto no recheio, substituindo por, por exemplo, brócolis.
Harmonização: Escolhemos um Zinfandel californiano maravilhoso, Sonoma County 2008, da Seghesio Family Vineyards. Casou perfeitamente!
Rondelli
Massa redonda, parecida com rocambole, normalmente recheada com queijo, carne, espinafre, cogumelos e outras iguarias. É servida com molho branco ou vermelho. Muito difundida na região de Emilia-Romagna, onde recebe o nome de rotolo ripieno. 
Vem do Latim rutundus, “redondo, circular”. Em Italiano, “redondo” é rondo. Rondelli é o diminutivo plural.
Rutundus também queria dizer também “perfeito, completo”. Eis aí porque dizemos que alguém que discorda de nós está – claro! – “redondamente enganado”.
O nome foi dado a estas massas devido à forma circular que elas têm vistas de cima.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sim, o Chuchu pode impressionar!

Conheço um montão de gente que diz não gostar de chuchu e sempre que ouço isso, penso que a pessoa deve se abrir à novas experiências com essa cucurbitácea , já que faz-se maravilhas com ela. Sim, o prato feito com Chuchu pode ficar extremamente saboroso e encantar à mesa! Basta encontrar as receitas certas, que agradem seu paladar. ;)
Aqui posto duas que já testei e faço sempre, em casa, seja no dia-a-dia ou para receber amigos. São excelentes acompanhamentos para um peixe, frango ou mesmo carne, pois são bastante leves.
Confira!


GRATINADO DE CHUCHU(Receita do Olivier Anquier)
Receita do Olivier: gratinado de chuchu
Ingredientes:
10 chuchus médios
150 g de creme de leite
50 g de manteiga com sal
1 colher de sopa de azeite de oliva
1 cebola grande
2 dentes de alho
1 maço de cheiro verde
150 gramas de parmesão
2 folhas de louro
Sal e noz-moscada gosto



Modo de preparo:
Lavar bem os chuchus, cortar no sentido do comprimento (seguir a marca do meio). Colocar numa panela com bastante água, duas folhas de louro, alguns grãos de pimenta-do-reino, sal e os chuchus. Deixar cozinhar. Verificar o ponto com um garfo, para que não cozinhem demais. Logo que estiverem no ponto, retirar os chuchus da água e deixar esfriar. Em seguida, tirar a polpa. Colocar a polpa numa peneira para tirar o excesso de água.
Numa panela, acrescente azeite e manteiga para refogar a cebola ralada, o alho e o cheiro verde bem picado e a noz-moscada. Acrescentar o creme de leite e o chuchu. Misturar bem e deixar cozinhar por 5 minutos. Tirar do fogo. Adicionar uma gema do ovo e duas colheres de parmesão ralado. Misturar bem e levar ao forno com uma camada de parmesão. Deixar gratinar por 25 minutos. Sirva como acompanhamento.



Tartar de Chuchu, Cenoura e Batata 
Essa aprendi com a vovó e faço sempre! ;)

Ingredientes:
2 chuchus
2 batatas
2 cenouras
1 folha de louro
1 cebola bem picadinha
3 dentes de alho espremidos
1 colher(sopa) de farinha de rosca
Azeite de oliva
sal e pimenta-do-reino a gosto
dill

Modo de Preparo: 
Cozinhe os legumes picadinhos com um pouco de sal e o louro, cuidando para que não fiquem muito moles. 

Assim que estiverem ao ponto, escorra e reserve.
Em uma panela, refogue o alho e a cebola no azeite de oliva. 

Acrescente a farinha de rosca, mexa até dourar, acrescente os legumes, a noz-moscada, o dill e a pimenta-do-reino. Mexa para aquecer bem.
Desligue o fogo.
Em pratos individuais, monte os "tartares" com o auxílio de um aro de inox(ou algo similar, sem fundo).
Decore com alecrim, regue com azeite de oliva e sirva.
Esse da foto servi com polpetones. Mas você pode servir com outra carne, frango ou fruto do mar.

Sobre o suave e leve Chuchu
Chuchu
O chuchu é uma hortaliça fruto, originário da América Central e ilhas vizinhas. Já era conhecido na antiguidade pelos astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época, devido ao seu sabor característico e bastante suave para ser consumido durante o ano todo.. É uma hortaliça de sabor suave, fácil digestibilidade, rica em fibras e pobre em calorias. Destaca-se como fonte de potássio e fornece vitaminas A e C. O chuchu é uma Cucurbitácea, assim como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.
O chuchu é uma das hortaliças mais consumidas no Brasil.  Atualmente, está entre as dez hortaliças mais consumidas no BrasilNo país, os maiores produtores são os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais e Paraná.
Na Madeira é conhecida por pepinela ou pimpinela e faz parte da gastronomia local, sendo normalmente cozida com feijão com casca, batats e maçarocas de milho para acompanhar pratos de peixe, normalmente caldeiradas.

Como comprar
Há uma grande diversidade de frutos quanto à forma, tamanho e cor. Os frutos podem ser arredondados ou terem a forma de pêra. A casca pode ser lisa ou com espinhos, com a cor variando de branco a verde bem escuro. No mercado há preferência pelos frutos de casca verde-clara, sem espinhos, com tamanho de 12 a 18 cm de comprimento (fruto graúdo) e 7 a 10 cm (fruto miúdo). Frutos passados apresentam a casca sem brilho e amarelada e com a ponta mais larga começando a se abrir. O chuchu é um fruto muito sensível, que se machuca com facilidade e a casca escurece rapidamente quando danificada. Portanto, escolha os frutos com cuidado, evitando causar ferimentos. O chuchu também pode ser encontrado na forma minimamente processada, ou seja, já descascado, cortado em cubos e embalado com filmes de plástico. Certifique-se de que esse produto esteja exposto em gôndolas refrigeradas para garantir a sua adequada conservação, pois quando mantido em condição ambiente, estraga-se rapidamente. Os melhores preços de chuchu ocorrem entre os meses de junho a outubro. 


Como conservar
Os frutos podem ser mantidos em condição ambiente, por 3 a 5 dias depois de colhidos, a partir de quando começam a murchar. Podem ser conservados por maior tempo, 6 a 8 dias, na parte de baixo da geladeira, embalados em saco de plástico. O produto já descascado e picado conserva-se por até 3 dias após seu preparo, desde que mantido embalado em vasilha tampada ou em saco de plástico, na gaveta inferior da geladeira.


Como consumir
Os frutos não são consumidos crus. Devem ser cozidos e podem ser servidos na forma de refogados, cremes, sopas, suflês, bolo, ou salada fria. Para consumo como refogado ou salada, prefira os frutos mais novos, menores e com casca brilhante. Quando os frutos estão maduros, com a parte de baixo se abrindo, são excelentes para a elaboração de suflês, pois são mais consistentes e têm mais fibra. A casca pode ser removida antes ou após o cozimento. Quando os frutos estão bem novos podem ser consumidos com casca e miolo. 
Fonte: Embrapa e outras.

Momentinho Chuchu Cult

A palavra Chuchu vem do francês antilhano chou-chou.

Sabe o que significa a expressão "dar mais que chuchu em cerca(ou na serra, ou na ribanceira)"?
1 . refere-se a algo que acontece freqüentemente, muito comum.
2. Abuntante, em abundância.
3. diz-se, pejorativamente, de mulher fácil.
Consta que essa expressão surgiu na época do Império, quando as Damas da sociedade, usavam seu corpo para conseguir algo junto a corte. Daí a expressão portuguesa. Essa "dama" dá mais que chuchu em beira de cerca. Pois se jogarmos o chuchu no chão, em um mês teremos um pé novo. Infelizmente o termo pejorativo já é bicentenário...


Já a expressão "pra chuchu" significa "muito, demais".

Por exemplo:
- A sopa está quente pra chuchu! (muito quente)
- Chuchu é bom pra chuchu!!!! ;)

Acelga Burger 100% Caseiro(com carne ou soja) + Maionese Caseira

Perfeito para que está em dieta e não quer sofrer a tortura de ficar sem um hamburguerzinho! ;)

Ingredientes para 1 unidade:

2 folhas de alface

2 fatias de tomate  
2 fatias de queijo prato em fatias (dê preferência ao light) 
1 unidade de carne de hambúrguer (veja receita abaixo)
1 fatia de presunto
4 folhas de acelga (aí está o grande detalhe: a acelga substitui o pão de hambúrguer) :D 


Montagem:- Faça preparo normal de um hamburger, porém, ao invés do pão, substitua por quatro folhas de acelga. Fica ótimo!!!





  • Hamburger Caseiro
  • Ingredientes:
  • 1 kilo de carne moída
  • 1 cebola picada 
  • 2 colheres de sopa de salsa picada
  • Pimenta do reino
  • Noz-moscada 
  • Sal a gosto
  • 3 fatias de pão de forma integral sem casca
  • 4 colheres de sopa de leite
  • 1 colher de sopa de alho picado




Modo de Preparo:
Misture o pão com o leite. 
Misture todos os ingredientes ate obter uma massa bem homogênea. 
Com a mão molhada em água, molde os hambúrgueres e frite em frigideira com pouco óleo de canola.
Rendimento: 4 generosas porções.
Quer acompanhar essa delícia com molho de MAIONESE CASEIRA, sem conservantes e muito mais saudável?


Ingredientes:
2 ovos
2 colheres de água gelada
uma pitada de pimenta de reino
1 limão espremido ou 2 colheres de vinagre
1 colher de cafá de sal
óleo
Modo de Preparo: Coloque dois dedos de óleo dentro de um liquidificador, em seguida todos os ingredientes, bata um pouco. Agora coloque, aos poucos, óleo em fio até obter a consistência adequada. Consuma no mesmo, dia, pois lembre, é sem conservantes. ;)
Outra opção bem leve e saudável, é o HAMBURGER DE SOJA, que pode ser feito em casa também e fica uma delícia no Acelga Burger. Veja a receita:
1 xícara (chá) de proteína de soja
2 copos de água morna (essa água é para deixar a proteína de soja de molho)
1 ovo
Sal a gosto
2 dentes de alho amassados
7 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado
1/2 xícara (chá) de cebola ralada ou bem picadinha
1 colheres (café) de orégano
Pimenta-do-reino branca a gosto
Cominho a gosto
Óleo para fritar
Modo de Preparo:Hidrate a proteína na água morna, por 20 minutos (ou de um dia para o outro e com suco de um limão escorrido).Escorra toda a água, esprema bem o excesso de água e misture com os demais ingredientes, dando um formato de hamburger.Coloque um pouquinho de óleo em uma frigideira anti-aderente e frite até que fiquem bem douradinhos.
E coma sem culpa!!!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Brigadeiro Espelhado


O segredinho deste lindo brigadeiro: a calda leva vinagre, que deixa o doce brilhante e evita a cristalização do açúcar! ;)
Brigadeiro caramelizado
Ingredientes:
1 lata de leite condensado
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de manteiga
Manteiga para untar

Para o caramelo:
2 xícaras (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de vinagre

Modo de Preparo:
Em uma panela, junte leite condensado com chocolate e manteiga.

Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até que a massa se desprenda do fundo da panela.

Coloque o brigadeiro em um prato untado até esfriar. Unte as mãos e faça bolinhas com pequenas porções de massa. Leve ao freezer até ficarem firmes.

Para fazer o caramelo, misture açúcar com vinagre e uma xícara (chá) de água. Leve ao fogo médio, sem mexer e deixe ferver até obter uma calda em ponto de bala dura.

Para achar o ponto, retire um pouco da calda e coloque-a em água fria. A calda deve ficar dura e quebradiça ao ser retirada da água.

Retire os docinhos do freezer e passe-os na calda de caramelo, com o auxílio de um palito. Deixe-os esfriar sobre uma superfície untada com manteiga. Coloque os brigadeiros em forminhas para docinhos.

Mais receitas de brigadeiros, com dicas e histórias sobre o doce, você encontra neste blog na categoria "docinhos de festa".

Chanoniz


Mesmo com uns dias de atraso, já que o dia do Café foi comemorado dia 24/05, posto aqui para vocês mais uma deliciosa receita com café, um drink sofisticado, de sabor espetacular! Essa você precisa provar!
Ingredientes:
1 cálice de café
½ cálice de cachaça
½ cálice de licor de café
¼ de cálice de curaçau (blanc ou blue)
1 colher de chá de açúcar (opcional)
1 bola de sorvete (de creme ou baunilha)

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador, ou com ajuda de um mixer, e sirva em copo long drink. Decore com frutas de sua preferência.

Momentinho Café Cult

  • O QUE É O CAFÉ?
    A palavra "café" vem do árabe Kahoua ou Qahwa (o excitante) e designa: o fruto do cafeeiro; bebida preparada por infusão de água quente com café torrado e moído; lugar público onde se tome café ou outras bebidas; cor café, um marrom escuro que lembra o grão de café torrado.
  • DE ONDE VEM O CAFÉ?

    Segundo a lenda, há muito tempo atrás, um jovem pastor chamado Kaldi, tomando conta do seu rebanho de cabras em uma montanha árida e ressecada na Absínia, hoje Etiópia - onde somente algumas pobres moitas esqueléticas conseguiam incrustar suas raízes nas rochas -, observou que, durante a noite, alguns de seus animais desapareciam atrás da montanha durante algumas horas, e voltavam saltitantes. Kaldi ficou irrequieto, pois estava convencido que suas cabras estavam possuídas pelo diabo. Uma noite ele seguiu os seus animais e os viu pastarem com um notável prazer pelos pequenos grãos vermelhos que se encontravam sob o arbusto que nunca tinha visto. No final de alguns minutos desta refeição imprevista, as cabras e o "velho bode" começaram a dançar à luz da lua.

    Kaldi recolheu alguns grãos e os comeu com tanto prazer que ficou na sua boca uma agradável sensação de frescor. O resultado foi inesperado: assim como os carneiros, Kaldi começou a dançar. Nunca houve na Terra um pastor Tão alegre. Kaldi comentou sobre os frutos com um monge da região, que decidiu os experimentar. O monge apanhou um pouco das frutas e levou consigo até o monastério. Ele começou a utilizar os frutos na forma de infusão, percebendo que a bebida o ajudava a resistir ao sono enquanto orava ou em suas longas horas de leitura do breviário. Esta descoberta se espalhou rapidamente entre os monastérios, criando uma demanda pela bebida. As evidências mostram que o café foi cultivado pela primeira vez em monastérios islâmicos no Yêmen.
  • As formas de consumo do café no mundo
    Que o café é, ao lado da cerveja, a bebida mais popular do planeta todos sabem. Contudo, as formas de consumo do produto são tão diversas, que podem fazer com que o tomador mais desavisado tenha grandes surpresas. Veja como o café é consumido em alguns lugares do mundo:
    França: o produto, na maioria das vezes, é bebido juntamente com chicória.
    Áustria: pode-se beber o produto juntamente com figos secos, sendo que em Viena, a capital do país, é uma tradição o oferecimento de bolos e doces para acompanhar o café com chantilly.
    África e Oriente Médio: é comum acentuar o sabor do café com algumas especiarias, tais como canela e cardomomo, alho ou gengibre.
    Bélgica: o produto é servido com um pequeno pedaço de chocolate, colocado no interior da xícara, que será derretido quando entrar em contato com o café.
    Itália: o café expresso preto é servido em xícaras pequenas, acompanhadas de tiras de limão.
    Grécia: o café é acompanhado por um copo de água gelada.
    Cuba: o café é bebido bastante forte e doce, e em um só gole.
    Sul da Índia: o café é misturado com açúcar e leite e servido com doces.
    Alemanha: é servido com leite evaporado ou chantilly.
    Suíça: adiciona-se ao café um licor, o “kirsch”.
    México: em muitos lugares, o café é oferecido gratuitamente e pode ser consumido em grandes quantidades. O chamado café americano, como é conhecido no México, é o mais consumido e é uma cópia do que se bebia até poucos anos nos Estados Unidos: aguado e com pouco sabor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...